Quilting e a TENSÃO da LINHA – qual a importância? – OQS


Bem-vindos ao Órbita Quilting Studio no YouTube! Eu sou Natasha e essa é a Aline! E você sabia que, ao se inscrever em nosso
canal, pode pedir para receber notificações em seu e-mail ou celular? Assim, você vai saber quando um vídeo estiver
no ar e não vai perder nenhuma novidade! A maior vantagem de se inscrever, além de
achar o nosso canal com facilidade, você vai saber quando um
Vídeo Relâmpago estiver no ar, pois ele fica apenas algumas horas disponível! Porque, afinal de contas, a vida precisa de
um pouco de emoção e aventura, não é mesmo? A vida, sim! Mas e a tensão da linha para o quilting? Ah… Isso aí eu prefiro bem previsível mesmo! Então vamos conferir porque é importante
ter um ótimo relacionamento com a tensão da linha para o quilting na nossa série
“Uma (quase) enciclopédia de quilting” Hoje, vamos falar um pouco sobre a importância
de ajustar a tensão da linha! Quem quilta, já cansou de ouvir: ajuste a
tensão da linha! Mas você sabe por que você deve, de fato,
dedicar um tempo para ajustar a tensão da sua linha? Os motivos são muitos! Mas nós selecionamos alguns para explicar
para vocês! Vamos lá! UM: estética dos pontos Ninguém quer passar horas, dias ou até meses,
dedicando tempo a um trabalho que, no fim das contas, vai ficar escondido no
fundo da gaveta, não é mesmo? Se você achar o trabalho feio, porque que
vai querer usar essa peça? E isso pode acontecer se você não souber
ajustar a tensão da sua linha. Existe um fenômeno no mundo do quilting que
nós chamamos de “olho”. [ Um nome mais acurado para esse termo seria “cílio”. – ou eyelash, como eles chamam em inglês – mas em português parece que a palavra “olho”
descreve com mais exatidão aquele desgosto interno e profundo de ver os
“cílios” se formando no quilting! ] Se isso acontecer, você vai precisar descosturar
toda a região afetada e quiltar novamente! E quem quilta, infelizmente, também sabe: o que você demora um minuto para quiltar, demora pelo menos cinco minutos para descosturar! [ Isso sendo muito, mas muito otimista! ] DOIS: estética do trabalho É lógico que você já entendeu que
os “olhos” afetariam também a estética do trabalho como um todo, né? Mas e o que seria ainda mais impactante para
a sua peça? Se a tensão da linha estiver muito apertada, é possível enrugar a peça toda, deformando o trabalho! E isso pode ficar ainda mais evidente dependendo
do tipo de linha e manta que você estiver utilizando! E, novamente, você teria que descosturar
e quiltar de novo! TRÊS: estrutura Tudo que gira em torno da tensão tem uma importância muito maior devido
à estruturação do trabalho! Você já sabe que o quilting é responsável
por unir topo, manta e forro! [ Somente com o quilting feito na peça é
que podemos chamá-la de quilt. ] Se o quilting estiver frágil, a peça inteira
estará fragilizada também! E o quê a tensão tem a ver com isso? Bom, o quilting é feito de linhas! Se a tensão estiver muito apertada, a linha
pode ficar frágil, aumentando os riscos de o trabalho descosturar
acidentalmente! O mesmo acontece com a formação dos “olhos”. Além de fragilizar uma das linhas, o quilting
também fica frouxo, aumentando as chances de ele enroscar em algo
e começar a descosturar! E se algum dia você pensou: “Tensão de linha? Ah, mas que bobagem…”, é melhor repensar! Saiba ajustar a tensão da linha e evite acidentes
ou frustrações com o seu trabalho. Mas… e como que eu ajusto a tensão da linha, afinal? Ah… Isso você vai descobrir aqui no
nosso canal nesta sexta-feira! Na nossa série “Eu tenho uma dúvida! E
agora?”, nós vamos responder perguntas de quem entra em contato com a gente e vamos
abordar essa questão! Curta, compartilhe, se inscreva e não perca! E faça parte da Comunidade Quilting do Dia,
pois traremos uma novidade para os participantes! Até mais!